Blog

Lugar de bebê é no colo

Diferente da maior parte dos filhotes de mamíferos, o bebê humano não nasce com o cérebro totalmente desenvolvido e passa por um segundo período de formação depois que nasce, chamado extero-gestação.

Esse período pode variar de 9 meses até um ano, de acordo com cada bebê e é esse o período de maiores descobertas, sustos e colo de mãe. Muito colo.

Uma forma bacana de suprir essa necessidade do bebê, de proteção e acolhimento no meio desse mundão tão diferente aqui fora, é o uso de carregadores de tecido. Os Slings.

Não são nenhuma modinha nova, na verdade carregar no pano remete à várias culturas e tribos muito antigas. Mas hoje, podemos ter os melhores tecidos e as melhores orientações para viver agarradinhos com nossos pequenos

 

Existem os Wrap Slings

São faixas de pano de até 8 metros de comprimento que podem ser enroladas ao corpo de diversas formas, possibilitando carregar o bebê de lado, nas costas, ou de frente

Existem os Pounchs

Parecem sacos, usados em diagonal no tórax de quem carrega, não precisa de amarração por ser feito sob medida para cada um

Os Ring Slings

São faixas de tecido de mais ou menos 2 metros com uma argola em uma das extremidades, a mãe pode adaptar o uso na mesma posição do Pounch ou do Wrap e não precisa de tantas amarrações.

 

A grande vantagem entre esses carregadores e o tradicional canguru é que eles respeitam a fisiologia do bebê, sua anatomia, e não forçam nenhuma articulação (nem das pernas nem do pescoço) ou colocam em risco a saúde ou segurança do bebê enquanto quem carrega pode fazer todas as atividades sem preocupações.

Aulas de dança, caminhadas, compras, cuidados com a casa, passeio no shopping. Tudo é liberado com conforto e bebê feliz <3

Já escolheu o seu?